Desfrutamos da nossa vida e liberdade um pouco mais!!! – 28 a 31/03 – Colombo PR

Desfrutamos da nossa vida e liberdade um pouco mais!!!


essa frase a algum tempo na internet, acho que até já citei aqui no
blog, mas desde então… a cada evento… a cada aventura… sinto o
quão verdadeira ela é, e como é bom desfrutar e ter o senso de
aproveitar essas oportunidades, momentos inesquecíveis com pessoas
recompensadoras!!!

Bem,
depois de alguns dias em casa… e angustiada por não motocar o quanto
gostaria, finalmente nesse feriado pude voltar pra estrada, e em grande
estilo o/ num passeio até Colombo – Paraná, afim de curtir o aniversário
dos Demônios da Estrada. E alguma dúvida de que foi tudo o máximo???
 o/

Devido
alguns compromissos particulares acabou surgindo a chance de pegar a
estrada ainda na quinta feira, o que foi ótimo pois assim fugimos um
pouco do trânsito do feriado, embora aquela serrinha maldita de Juquitiba, que liga o
Rodoanel a Régis Bittencourt estava horrível como sempre, o jeito foi
apelar para as ultrapassagens, corredores e acostamentos, e deixar os
motoristas só na vontade de andar tbm rsrsrs.

Após
passar Juquiá a estrada ficou ótima, tranquila, com uma tarde linda… o
ambiente perfeito para aquela sensação gostosa do vento no peito e a
cabeça nos sonhos.
O trajeto foi realmente uma delícia, com as motos andando muito bem, e com uma galera ótima, animada e experiente.

Olha só a Fazer – como sempre – super bem acompanhada, com 3 Harley’s e uma XRE, e fizemos bonito hein 😉

Fiquei
tão feliz em rever minha amiga Jane *-* mto bom ela ter nos
acompanhado, mesmo tendo ido de carro, mas não tem problema, são quatro
rodas… só que o espírito aventureiro é tão intenso qto o nosso 😉 Amei
conhecer a Malú tbm, guerreira demais!!

A viagem rendeu super bem, sem problemas, e com mais um presente para encher os olhos *-* Olha esse por do sol… 

E sabe aquela história que de carro observamos a natureza, mas de moto fazemos parte dela? Pura verdade!!! As imagens ficam ainda mais lindas *-*

Por
termos saido tarde de SP, chegamos a noite em Curitiba e deu um pouco
de trabalho chegar até Colombo, mas gentilmente encontramos dois
“aprendizes” de motociclistas que nos escoltou até a entrada de Colombo.
Digo aprendizes pq dava pra perceber a tensão deles com o trânsito,
algo tão rotineiro para nós… mas a ajuda é sempre presente, e foi
de grande auxílio.
Andar
com gente VIP é outra história né, os Bulldogs e o Insônia já são
figuras carimbadas do evento, e ficamos em grande estilo. Foi ótimo
chegarmos cedo pois ficamos com lugar coberto e energia elétrica, dá pra
acreditar?? Kkkkkk quase um condomínio, olha só o cafofo ficando
arrumado.  Chique demais!!!

Nossos vizinhos também eram o máximo, prazer enorme conhecer o Gaúcho, a Bete e tantos outros 😉

Na
quinta-feira mesmo já estava rolando festa, foi o aniversário da Rafa, uma “Piá”
– como dizem em Curitiba – com espírito pra lá de animado, e a
festa foi show demais!!!!! Só risada… e era só o começo rsrs o/

E o shy (sei lá se é assim que escreve) que não pode faltar hein, to ficando viciada nisso rsrsrs

A
estrutura do evento foi muito bacana, no nosso caso estávamos em lugar
coberto, a festa foi num ótimo galpão, a área de camping era grande e
serviram até refeição.

E já viu aniversário sem parabéns? Nem pensar né, só que bolos são para os fracos 😛

Só preciso fazer um adendo para os banheiros, esses sempre são
problemas. Os chuveiros para a área de camping foram tristes, não
esquentava o suficiente… isso qdo esquentava algo, a maior parte teve
que encarar o chuveiro gelado mesmo. As portas não tinham fechadura, os
Box eram abertos, e é bom nem falar dos ratos, sapos e baratas que
apareciam né… não somos de pedir luxo, mas higiene é sempre bem vinda.
Claro que isso não tirou o brilho do evento ou a diversão, mas fica a
dica para o próximo ano 😉

Na
sexta rolou um baita churrasco com nossos vizinhos de condomínio, tendo o Gaúcho como churrasqueiro… melhor comandante impossível né!! Bom demais!!! 

E
mais festa a noite o/

Pra ficar ainda mais divertido, a noite chegaram o Edu e o Junqueira, figuras demais, risada garantida !!!

Boa música, festa, amigos, diversão, shy, viagem, moto, liberdade…. VIDA!!!
O
sábado tbm foi legal, mas já quase com clima de despedida. Com toda a
minha timidez fico mais observando os assuntos… e aprendendo em muitos
momentos.

Todos os dias começando com um ótimo café da manhã…

E se recuperando da noitada anterior o/

Gente fashion é outra história né kkkkkk olha o estilo do Almir

Hehehe hein Jane *-*

O que esperar de um ser desses? Sair correndo é uma boa ideia 😛

E mais festa o/ show de moto hein

Ehhh amiga que arrasou hein !!!

Como tudo o que é bom dura pouco… o retorno do domingo tbm foi tranquilo, sem problemas, só o sono que
estava forte, e pra ajudar me empolguei um pouco na bebida na noite anterior… mas
deu td certo.

A parte cruél… desmontar tudo :-(

Só foi uma pena eu não ter passado pelo Rastro da Serpente, mesmo não sendo tããããooooo boa assim de curva, estou ansiosa para rodar nessa estrada, mas as três custom sofreram um pouco até na serrinha da Régis… imagine numa estrada só de curva, deixa para a próxima oportunidade :-)

O Edu não estava afim de almoçar… foi só um petisco né… coisa básica rsrs

Há algum tempo estava curiosa pra conhecer algum caminho
alternativo para a Régis, então aproveitei a oportunidade. Em vez de voltar pela serra de Juquitiba e Rodoanel, preferi entrar
sentido Sorocaba – Tapiraí.  Sinceramente não sei se foi a decisão mais acertada, mas foi
ótimo para conhecer. É um serra tbm, linda, bem no meio do mato, mas
com asfalto um pouco precário e o transito também um pouco intenso… mas as curvas
estavam deliciosas *-* . Olha que estrada linda!!!

Me
surpreendi em encontrar no meio do nada a Casa da Anta, uma estrutura
dessa num lugar que nem chega sinal de telefone ou internet,
impressionante!!! 

Foi
interessante passar por alguns vilarejos na beira do rio, nem imaginava
que tinha algo do tipo aqui na região, muito a descobrir ainda :-)
Acabei
dando uma volta um pouco mais longa, passando por Pedreira, Sorocaba, Itú, e só
depois finalmente em Jundiaí, cheguei em casa perto das 19 hs,
depois de 922 km’s rodados.  Corpo cansado…mas com espírito renovado,
e com vontade de fazer tudo novamente!!!

É
ótimo ter essas chances de fugir da rotina e se aventurar por aí,
descobrir novos lugares, sabores e assuntos, sair do nosso mundo cômodo,
seguro, quente e confortável, e ter a determinação de encarar grandes
desafios. 

Numa das noites, no meio da música alta e depois de alguns
goles de bebida, o Junqueira e eu estávamos conversando sobre como o
motociclismo faz parte da nossa essência, é muito mais que um meio de
transporte, desfrutar de momentos assim – e de moto – é nossa forma de
nos sentir vivos, e jamais alguém poderá nos tirar isso. É muito bom ir
… e tbm voltar, aprender a dar valor ao que temos, lembrar com carinho
dos novos e velhos amigos, e já ficar na expectativa para em breve,
juntos, desfrutarmos da nossa vida um pouco mais, e de novo, e de novo, e
de novo… e de moto!!!

 
o/

Vlw família selvagem !!!!

o/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>